Critíca: Angles pelos The Strokes

Depois de cinco anos e meio de espera, uma das melhores bandas indie americana voltou com um novo álbum Angles, com data de lançamento prevista para 22 de Marco de 2010. A evolução é tremenda. Nada se compara com o primeiro álbum Is this It (2001), que foi aclamado por críticos e fãs e que... Continue Reading →

Critíca:single Night Air por Jamie Woon

Jamie Woon é um dos poucos músicos que conseguiu a façanha de me conquistar em segundos. Woon é um músico de 27 anos de Clapton no Norte Este de Londres, relativamente novo nas luzes da ribalta, mas que tem no entanto um talento enorme.As suas influencias são tão diversas como Jamie Liddell, Jeff Buckley, Michael... Continue Reading →

O porque de eu odiar Hip-Hop bravado e a música ‘Who Dat’ do J.cole

Sempre odiei um certo tipo de Rap Bravado. Normalmente são rappers  novos que acabaram de sair das fraldas e tem, portanto muito que provar no mundo competitivo do Hip-hop. O problema é que o fazem da maneira errada. Escrevem letras que só falam deles. Egocentrismo no seu extremo. Humildade nem ve-las. Os versos são todos... Continue Reading →

Critíca: Nicki Minaj álbum: Pink Friday

Nota: 4/5 Check it out feat. Will.I.am Confesso, que ouvi este álbum com algum receio o tempo todo, e o facto de ela ter começado o álbum com o tema I'm the best, também não ajudou muito. Niki Minaj sempre me fascinou. Por um lado é uma artista que faz questão de passar aquela imagem... Continue Reading →

Critíca: Disc-Overy por Tinie Tempah

Frisky Written in the stars Miami 2 Ibiza Tinie Tempah feat. Swedish House Mafia Tinie tempah é sem dúvida um dos produtores/cantores que mais me surpreendeu este ano. Não esperava muito dele. Pensava que ele seria mais um produtor/cantor de Londres que teria um single no top 10  e depois desapareceria. Ou que teria só... Continue Reading →

concerto: Christian Scott & Courtney Pie – 15 de Novembro

A primeira parte do concerto, esteve entregue ao meu trompetista favorito, Christian Scott.Ele mais a sua banda tocaram 4 músicas do seu último álbum Yesterday you said tomorrow (2009). Não gostei das primeiras duas músicas, eles estavam desorganizados, sem comunicação, perdidos neles mesmo e sem aquele... 'swing'. No entanto nas duas últimas lá recuperaram o... Continue Reading →

Critíca: Kings of Leon-Come around Sundown

Passaram-se sete anos desde que os Kings of Leon, lançaram o seu primeiro álbum, Youth and Manhood (2003). Sete anos desde que eles levantaram a barra de qualidade, para todas as bandas indie-rock, e se tornaram na melhor banda do mundo. As expectativas eram altas, tanto de críticos como de fãs. A grande dúvida por... Continue Reading →

Há certos álbuns que me fazem querer escrever…/ Critíca S. Carey- All we grow

Adoro quando isso acontece. Quanto um álbum de tão perfeito que é, me faz querer escrever sobre ele. Por vezes é pela melodia. Por vezes, pelas letras ou só pelo artista. Sempre, pela agradável surpresa que é encontrar algo que me fez sorrir e dizer: E esta hein???!!! 😉 Penso que seja por essa razão,... Continue Reading →

Crítica: novo album de rapper Plan B-The Defamation of Strickland Banks

Haverá outro rapper que tenha mudado tanto em tão curto espaço de tempo como o Plan B? O novo álbum do Plan B, The Defamation of Strickland Banks, com data de lançamento marcada para 5 de Abril, é um álbum cheio de oldSchool-soul, R&B mas com muito pouco Hip-Hop. Muito diferente do não tão aclamado... Continue Reading →

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: