Anemia, queda de cabelo e a minha saúde mental

Acho que finalmente estou a ter mais controlo da minha saúde física e mental. Finalmente percebi que as duas estão inevitavelmente relacionadas e se uma estiver a falhar irá afectar a outra mais cedo ou mais tarde.

Eu nasci com anemia. Sempre tive, ás vezes estava sobre controlo e ás vezes não. Sempre tomei medicamentos ou tentei comer o mais possível alimentos ricos em ferro.

Mas admito que quando mudei-me para Inglaterra em 2007, longe dos cuidados e da atenção e comida da minha familía, completamente deixei de prestar atenção na minha alimentação. O foco foi completamente para os estudos, os estágios de jornalismo (e poupar dinheiro para poder fazer esses estágios) e o trabalho.

A comida Portuguesa, rica em todas as vitaminas e sabores ricos, foi substituída pelo fast-food, comidas pre-cozinhadas baratas e fáceis de fazer, congelados e pela comida Inglesa bege.

Aos poucos a minha saúde foi se deteriorando, pouco a pouco. Comecei a notar que o meu peso flutuava muito, a minha pele mudou, o meu cabelo quase que não crescia ou partia muito e estava a sentir-me sempre extremamente cansada.

Passei alguns meses a desmaiar muito ou nos meus dias de folga a dormir o dia todo. A princípio pensei que fosse por causa do stress ou das horas de trabalho excessivas. Às vezes 9 dias seguidos, 12 horas por dia.

Depois de tanto desmaiar e de ter parado algumas vezes ao hospital, o médico finalmente pediu, em 2013, que eu fizesse exames de sangue.

Até lá nem sequer me tinha passado pela cabeça em ir ao médico, muito porque sempre achei os médicos cá de Inglaterra não eram de muito boa qualidade.

Os exames de sangue voltaram, a dizer que eu estava com uma anemia grave e com falta de vitamina D (como já tinha falado num post anterior)

Os sintomas da anemia também afectaram a minha saúde mental, eu tinha todos estes sintomas.

Sintomas:

  1. Cansaço extremo, sono frequente ou desânimo;
  2. Dificuldade para aprender ou ficar atento;
  3. Tornozelos inchados ou inchaço em outras articulações;
  4. Queda de cabelo ou fios fracos e quebradiços;
  5. Pele pálida ou interior das pálpebras sem cor;
  6. Falta de apetite, alterações no paladar ou língua lisa;
  7. Infecções frequentes, devido à baixa da imunidade

Fonte

Foram tantos anos a sofrer de anemia sem saber que acabou por afectar, não só o crescimento do meu cabelo ( extremamento lento e muito quebradiço) como também a minha saúde mental. Fiquei com depressão muito porque não queria\podia sair de casa porque estava sempre muito cansada levando consequentemente a um certo isolamento.

Tudo cansava-me. Desde a uma simples caminhada de 5 minutos ao supermercado, até  a distâncias maiores como ir ao centro de Londres (que nos primeiros 4 anos mal vi, já que estava sempre exausta e trabalhar imenso)

E também porque não tinha percebido o porquê de eu estar a sinter-me assim o que acabou por afectar a minha saúde mental.

Agora faço exames regularmente, tomo as minhas vitaminas, principalmente no Inverno e tento comer o mais possível comidas ricas em ferro.

Aconselho a pedir pelo menos uma vez por ano, exames de sangue, mesmo se não notares nenhuma diferença no teu corpo, cabelo ou saúde mental

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: