como foi usar Kinky twists durante oito semanas- resultados

 

Depois de dois meses na Viena Áustria, Viena, acho que estou pronta para falar das minhas experiências. Tive extensoes Kinky Twists durante oito semanas.
. Encontrar productos africanos ou salões de cabeleireiro africanos é quase como encontrar uma agulha num palheiro. Tens que conhecer alguém, que conheça alguém que saiba onde um outro alguém tenha um salão de cabeleireiro. Muito porque não existem muitos negros em Vienna.  Para terem uma noção, quando cheguei em Setembro, Eu e a restante troupe do trabalho fomos dar uma volta pelo centro da cidade e não vi nenhum negro….e foi assim durante tres dias….
. Depois de semanas de imensa pesquisa, descobri que productos africanos para o cabelo são, practicamente só vendidos nos poucos salões de cabeleireiro em Viena. São extremamente caros e cheios de ingredientes que são nocivos para o nosso cabelo.
. eu felizmenteou infelizmente…. tinha extensões no meu cabelo, que mantive durante oito semanas, no entanto não é possível ter extensões, durante o ano todo, já que isso poderá danificar seriamente o cabelo. A minha sugestão,por isso, para quem vive na Àustria ou em países com pouca disponiblidade de productos africanos, será usar o cabelo natural e usar productos naturais , fazer tratamentos com ingredientes naturais como mel, ovos e azeite extra virgem.  Até mesmo as extensões que tive mesmo com todos os miminhos diários que lhe dei mesmo assim eu acabei por ter uma grande queda de cabelo.
.  99% das mulheres negras que vi, usavam extensões ou perucas no cabelo. Tinham sempre, o cabelo extremamente daníficado, especialmente na linha de demarcação entre o cabelo e a testa, algo como a Naomi Campbell 
. Não sei exactamente do porque de ter tantas mulheres a usar perucas, extensões e ter o cabelo desfrisado – alisamento químico- mas penso que seja porque é maioritariamente um país de raça branca, sem muitos negros. Parece existir um certo medo de usar um afro, Eu falei com algumas negras e elas disseram-me todas o mesmo que elas não se atreveriam sair de casa com o cabelo natural solto e mesmo que tivessem o cabelo natural que 1º- não saberiam como tratá-lo e 2º os olhares  ‘esquisitos’ seriam o suficiente para recorrerem ás extensões outra vez.
O meu cabelo- depois de oito semanas, estava a gritar para que eu tirasse as extensões. Penso que oito semanas foi demasiado tempo . Nunca mais farei o mesmo erro. Mas é que o plano original era para ficar só seis semanas em Viena,por isso,  nao levei nada comigo, nem manteiga de karité, nada de cremes, shampos, leave-ins,  absolutamente nada. Por mais que eu procurasse algo para  hidratar o meu cabelo correctamente, não encontrei absolutamente nada apropriado.
Resultado- o meu cabelo ficou danificado
Para mais detalhes em como remover extensões no cabelo ir a este Link
.Cheguei a Londres numa sexta-feira e estava tão cansada que só consegui tomar um chá inglês, entregar algumas prenditas aos meus amigos e tomar um longo banho de espuma bem merecido.
Para tirar as extensões foi praticamente todo o dia de sábado. Depois de quatro filmes, muitas pausas para um chichizinho e chocolates, consegui tirar todas as extensões. Perdi imenso cabelo, isto tendo em conta que o ser humano perde diariamente entre 50 a 100 fios de cabelo, mesmo assim perdi imenso cabelo. Penso que ele está agora metade do comprimento que tinha.
Passo seguinte.-  hidratar o cabelo, máscara de cabelo, lavar o cabelo e tentar desembaraçar o cabelo com os dedos…..
.Depois de passar o dia todo a tirar as extenssões de cabelo, adormeci completamente, estava extremamente cansada, por isso, só de manhã é que tive coragem para
  • fazer um pre-po com azeite extra virgem durante uma hora
  • de seguida fiz um tratamento capilar no cabelo seco com uma caneca de leite coco, tres ovos e algumas gotas de azeite extra virgem, que de seguida cobri com uma toca de plástico e uma toalha durante uma hora.
  • lavei e desembaracei o cabelo com os dedos com condicionador Tressémme

Mesmo a desembaracar o cabelo com os dedos, perdi imenso cabelo. Mas a máscara de coco ajudou imenso. O meu cabelo está super macio e forte e voltou a ter a sua vitalidade original. só é pena que já não está tão comprido como antes de Viena.

  • Lição- Nunca ter extensções durante tempo, quatro semanas para o meu cabelo é o máximo.
  • A próxima vez que porei extensões será daqui a 5 anos.
  • Se tiver que viajar outra vez a trabalho, a primeira coisa que porei na mala será a minha manteiga de karité-
Advertisements

5 Comments Add yours

  1. selma diz:

    Awww… 😦 Imagino as temperaturas em Viena que ainda secam mais o cabelo. Ele ja vai estar forte e logo, logo a crescer de novo. Eu fiquei 7 semanas com os box braids, mas hidratava e selava duas vezes ao dia. Tambem tive alguma queda de cabelo ao tirar as trancas, mas notei que o meu cabelo esta mais cheio e ganhou uns centimetros.

    Gostar

    1. Angielopes's weblog diz:

      olá e obrigado outra vez pelo teu apoio e comentários.
      Eu tratei muito bem do meu cabelo. Hidratava e selava com azeite extra virgem duas vezes por dia, mas mesmo assim o meu cabelo não aguentou. Penso que o me cabelo é, somente, extremamente frágil e carapinha ao ponto de nem extensões aguentar. Mas adorei o look e o facto que reduzi o tempo de lavagem para 10 minutos em vez de 2horas heheheh. daqui a 5 anos lá voltarei ás extensões.

      Gostar

      1. selma diz:

        Realmente nao da pra demorar muito tempo com as trancas de extencoes. A minha preocupacao ‘e logo com a parte da testa onde o cabelo ‘e a mais fragil.

        Gostar

  2. Alexandra diz:

    Oi Angie,ai na Austria tem Ani,procura Aniversum( ela é muito boa) que vc acha,no you tube tb,eu acho que ela faz vídeo em alemao e em inglês,boa sorte.

    Gostar

    1. Angielopes's weblog diz:

      Obrigada Alexandra, vou dar uma olhadela á Ani, mas agora estou de volta a Londres por isso acho que não terei mais problemas. 😀

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s