Inglaterra ou Portugal? : Os prós e contras de eu voltar para Portugal- parte 3 de 4

Chiado

Portugal…nunca pensei dar tanto valor a um país de que sempre tive vontade de fugir.

Sempre senti vontade de fugir de Portugal, não porque odiava a vida que tinha mas porque o resto do mundo parecia-me mais interessante, cheio de surpresas e com mais possibilidades de encontrar respostas ás perguntas que sempre procurei mas que nunca encontrei e claro quanto mais se viaja maiores são as possibilidades de encontrar gente tão ‘maluca’ como eu.

Portugal também é um país que dá-me um enorme medo de voltar muito pelas enormes taxas de desemprego, pela falta de apoio e medidas aos recém licenciados e pelo sistema de ‘cunhas’ ainda vigente em todos os negócio do país.

Apesar de tudo ainda é um país belíssimo com carácter, onde as gentes, a arte, a literatura, o fado, o sentimento de saudade constante e a culinária  faz com que todos os emigrantes tenham lá num dos cantinhos do coração a vontade de voltar e uma nostalgia imensa sempre que falam de Portugal.

No entanto é preciso pensar antes de tomar qualquer decisão tão drástica como esta e estes são os meus prós e contras:

Prós:

  • Começo pelas razoes simples mas que tem um peso enorme como: a família, os amigos, o tempo, a culinária e doçaria portuguesa, as paisagens, a cultura, o carácter das ruas e becos como Chiado e o Bairro Alto.
  • irei por uns tempos viver em casa da minha mãe o que me dará mais oportunidades de procurar estágios e emprego na minha área, jornalismo, já que não pagarei renda e contas e terei cama, comida e roupa lavada, além do que a minha mãe e restante família irá sempre me apoiar psicologicamente e financeiramente.
  • Terei mais chances de encontrar trabalho como freelancer em Portugal já que escreverei em português. Sei que ainda dou muitas calinadas na língua portuguesa mas será mais fácil em termos de vocabulário e expressões típicas portuguesas. Uma das coisas mais importantes que eu aprendi nos meus dois estágios e como colaboradora na revista online de música Bandidge é que é preciso ter um enorme conhecimento das expressões únicas, sarcasmo e ironia para escrever em revistas de música.
  • Voltarei á estaca zero,i.é, mais outra oportunidade para renascer

Contras:

  • Se voltar para Portugal terei perderei por algum tempo a minha independência, afinal já estou habituada a viver sozinha á três anos e já adquiri hábitos que serão muito difíceis de se apagar
  • Estarei no desemprego por pelo menos alguns meses
  • Dependerei da minha mãe em termos financeiros, algo que não quero, porque não acho justo. Ela já me ajudou tanto durante quase 25 anos que agora penso que é altura de ela tratar mais de si, ela realmente merece um descanso depois de me aturar por tanto tempo.
  • não tenho garantias nenhumas de encontrar um emprego na minha área, posso voltar e só encontrar trabalho no supermercado Continente. Trabalho por trabalho já tenho um  que adoro fazer
  • Deixarei cá pessoas muito importantes na minha vida…

Leiam a parte

1 desta série em: A minha vida depois de um curso no Reino Unido e a minha confissão parte 1 e 4

2 desta série aqui: Os prós e os contras de eu ficar em Inglaterra

5 Comments Add yours

  1. claudia diz:

    Eu tou na mesma situaçao mas eu aki em londres partilho casa e as despesas sao mtas nao posso fazer grandes horas pork nao tenho ninguem k tome conta dos meus filhos e tou seriamente a pensar em voltar e partilhar casa la seker ao menos tnho td k n tenho aki familia amigos e o nosso país k nunka pensei ter tantas saudades.é preciso perder para dar valor.

    Gostar

    1. Paulo diz:

      Eu tb vivo em Inglaterra mas estou voltando a Portugal. Tenho uma filha com 10 meses e não quero educa-la neste ambiente. A cidade onde vivo é muito suja em todos os sentidos. Não há valores, não há família, tudo o que esta gente pensa é no iphone 6, marcas caras e maneiras fáceis de arranjar dinheiro sem ser trabalhando. Por fim temos a questão da creche. Custa-nos £42 por dia e o que dão a minha filha de 10 meses e fish and chips, fish fingers, curry chicken e outras porcarias. Tanto eu como minha mulher temos os nossos empregos estáveis mas para ser sincero já não se consegue guardar nada. E não temos carro porque o seguro e uma fortuna. Conclusão, emprego e tudo o que temos aqui e já nem compensa, em bom ingles we had enough.

      Gostar

      1. claudia diz:

        Concordo completamente!

        Gostar

  2. vera diz:

    Ola angie,axo k deves faxer o k o teu coraxao mandar,eu tb vivo ca e muitas evxes da me imensa vontade de voltar,mas as vexes devemos pensar um poko mais com a cabexa…k o coraxao poe nos em situaxoes k nao keriamos..beijokas

    Gostar

    1. Angielopes's weblog diz:

      ora viva e obrigada pelo comentário

      Acho que arrangei uma solucao para isto tudo. Estou agora a preparar um post com todos os detalhes, se poderes depois diz-me a tua opiniao

      bjs

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s