Crítica: novo album de rapper Plan B-The Defamation of Strickland Banks

Haverá outro rapper que tenha mudado tanto em tão curto espaço de tempo como o Plan B?

O novo álbum do Plan B, The Defamation of Strickland Banks, com data de lançamento marcada para 5 de Abril, é um álbum cheio de oldSchool-soul, R&B mas com muito pouco Hip-Hop.

Muito diferente do não tão aclamado Who needs actions when you got words (2006), álbum que veio mostrar a qualidade do Rapper, com um flow claro articulando cada palavra, com letras intensas, que revelaram o talvez, prefeccionismo de Plan B, naquilo que eu prefiro chamar dark-Hip-hop.

A voz apaixonada e sensual de Plan B , a.k.a Ben Drew , na canção Charmaine, falando de quando se apaixonou por uma mulata linda  chamada Charmaine, com quem ele acabou por ter sexo, mas que afinal de contas tinha só 14 anos. A voz agressiva e desiludida, na cancao Kidz, falando de uma geração violenta  que pensa que“killing ain’t a crime; it’s a fucking blood sport and I might have to notch up as many points as possible, show the kids on my estate that I’m unstoppable”, e que só pensa em sexo, drogas. Ou a voz desapontada, com a alma perdida falando da mãe que está envolvida com um drogado….

Toda essa essência foi perdida,  toda aquela agressividade de alguém que cresceu num bairro violento em Forrest Gate,  East London, ele neste novo álbum está muito mais calmo. toda aquela agressividade e letras intensas, foram substituídas pelo Soul, canções de amor como She Said e Love Goes Down.

De todo o álbum talvez a sua obra-prima seja Praying (vídeo e letra em baixo) em que a personagem Strickland Banks pede perdão a Deus pelos erros que cometeu.

Este último álbum já vendeu quase meio-milhao de cópias  este no top 10 com os singles She Said e Stay to long. enquanto que o primeiro álbum não passou do Top30, e só por algumas semanas.

No seu site Time4PlanB, o cantor explica o porque da mudança de um Hip-hop Dark para Soul- “eu sou um realizador mas escolho contar os meus filmes através da música. Um filme para cegos. Simplesmente fechem os olhos e oiçam a história”.

E é isso que para o rapper este álbum consiste, outro filme em que ele interpreta a personagem de Strickland Banks que tal como Plan B, tem 26 anos mas que gosta de soul, de vestir fato e gravata e é obcecado com os anos 60 e Motown.  Plan B conta a história de Strickland que não soube lidar o topo do sucesso atingindo no final o fundo do poço

Para Plan B esta personagem é uma oportunidade para ele mostrar que ele não tem de ser tão sério e seguir também o seu amor por soul, ” O essencial foi criar uma personagem, que eu também podia destruir facilmente e assim continuar a contar as minhas histórias”

Apesar da mudança, não há como negar o talento do rapper de East London, tanto como rapper como cantor soul ele é impecável tanto nas letras como na música.Percebe-se que PlanB, nao quer só conhecido como um bom cantor de hip-hop ou ou bom cantor de soul, mas talvez dar-se a conhecer como MÚSICO. No primeiro álbum mostrou o que pode fazer no Hip-hop, so segundo no que pode fazer no soul/ R&B e quem sabe que tipo de álbum ele fará a seguir.O certo é que ele continuará a contar histórias, a criar personagens para os seu pequenos filmes.

Irei sempre, sentir falta do flow e letras intensas do Plan B de 2006, que parecia pronto para querer mudar o mundo e dar a conhecer a realidade de um miúdo em East London, no entanto, dou as boas-vindas a um novo cantor, escritor e produtor soul.

Nota: 3/5

Praying do álbum The Defamation of Strickland Banks

Letra:

Lord Above, i’ve just killed a man,
Let somebody take the blame,
Lord above, find i’m kneeling down,
my pray to take away this pain going up in here.

I’m prayin’, Lord im prayin’ to you,
Take away this guilt all up in my head
I’m pleading, lord im pleading wit’ you,
Got some dealings to do before the day im dead.

He came for me just like i knew he would,
But this time I was ready,to knock him Good.
But he weren’t wrong, there was one more left
he took my weapon from me, put it to the test.
When this angel appeared out of the dark,
with the devil in his eyes but god in his heart.
He slayed me down,
Saved me from a sudden death,
But i’ve still done wrong, so now

I’m prayin’, Lord im prayin’ to you,
Take away this guilt all up in my head
I’m pleading, lord im pleading wit’ you,
Got some to do before the day im dead

So there we are,
An angel and a man,
Both just standing there,
Blood on our hands.
What we gonna to do now,
this what I thought.
But before i could say it the angel talked.
He said im in here for life, anyway,
your only in here for five ill take the blame.
So go right now don’t feel ashamed,
But ‘o lord I do that’s why I’m prayin’

Im prayin’, O’ Lord im prayin’ to you,
Save me from these sins weighing down on my soul.
Im pleading, lord im pleading wit’ you,
got some healing to do inside im feeling love.

Im prayin’, Lord im prayin to you,
Take away this guilt all up in my head
Im pleading, lord im pleading wit’ you,
Got some things to do before the day im dead

Im prayin’, Lord im prayin’ to you,
Save me from these sins weighing down on my soul
im pleading, lord im pleading wit’ you,
got some healing to do inside im feeling love.

** Nota Importante: Este artigo foi feito há já alguns meses mas só agora tive ‘coragem’ de o publicar

Anúncios

3 Comments Add yours

  1. @gabbyvanessa diz:

    Vi o Plan B no EMA e gostei bastante da música que ele tocou, e agora baxei to super viciada, mas é bem difícil achar informações dele nos sites e aqui consiguir. Muito bom este texto, parabéns!

    Gostar

  2. Se existe algum rapper que tenha mudado tanto como o Plan B tenho um exemplo. o rapper Angolano EDDY TUSSA do Grupo Warrant B, o homem esta prestes a lançar um Album na sua essência semba com algumas kizombas e kuduro pelo meio sem nenhum rap. Existe mudança mais drástica do que esta?

    Novo eddy tussa

    Aqui vao um video dos Warrant B

    Gostar

    1. Angielopes's weblog diz:

      Obrigado pela resposta e pelos vídeos mas o caso do Eddy Tusa é diferente.
      Ele fazia parte de um grupo e depois decidiu seguir uma carreira a solo enquanto que o Plan B sempre esteve ‘sozinho’…

      No entanto eu sei que o Plan B, n é o único caso no mundo da música mas a diferenca foi drástica do primeiro álbum para o segundo.

      De um álbum de um miudo zangado com a sua vida em Forrest Gate para um álbum conceptual com uma personagem chamada Strickland que adora soul…mas a qualidade continua intacta.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s