Viver com ingleses

Estudar em Inglaterra

Chegou  a altura de responder a todas as perguntas que normalmente me fazem sobre como é viver com  ingleses. Penso que depois de 3 anos de curso em Inglaterra eu tenho  alguma noção das coisas, no entanto, não se esqueçam que isto que vos vou dizer é baseado só nas minhas experiências pessoais.

Os ingleses podem não ser todos assim, mas aqui vai o que eu aprendi em 3 anos.

Pros:

  • O meu inglês melhorou consideravelmente. Viver com pessoas que só falam inglês, levanta aquele sentimento de sobrevivência, tens que falar inglês porque é a única língua disponível. Aprendes algo todos os dias e se pedires eles corrigem-te de bom grado.
  • Tornei-me mais independente, pura e simplesmente porque eles não são capazes de nos ajudar em nada, portanto tive que passar a resolver as coisas por mim mesma
  • Aprendei muitas coisas sobre Inglaterra, os costumes, tradições e palavras que não nos ensinam nos manuais da escola.

Contra:

  • São uns porcos. É que nem nos meus piores pesadelos imaginei algo assim. No meu primeiro ano de curso tive um housemate (colega de casa), que simplesmente não tomava banho, ou se tomava vestia sempre as mesmas roupas. Durante as 3 primeiras semanas, vi-o sempre com a mesma T-shirt e as mesmas calcas e ele cheirava muito mal….

As raparigas conseguem ser piores. No meu primeiro ano, as raparigas costumavam fazer a depilação com cera na sala-de-estar e deixar tudo lá durante semanas. Isto no meio de caixas de take-away, kebabs, queijo e pratos sujos. Imaginem só a sala cheia de bocados de cera com pelos, verniz e maquilhagem por todos os lados.

O mesmo se aplica a outras limpezas da casa. Mesmo com máquina de lavar a loiça em casa, nunca lavavam nada e a casa andava limpa só a cada três meses, por alturas das inspecções do pavilhão.

Cheguei a ter cerca de 8/10 sacos grandes de lixo em cima do sofá e no chão, porque eles simplesmente recusavam-se a levar o lixo ao contentor.

Durante este tempo resolvi ter os meus próprios sacos de lixo e utensílios de cozinha que eu guardava no meu quarto, para eles não tentarem acusar-me que as coisas eram minhas e me pedirem para limpar, como tentaram fazer uma vez dizendo que eles andavam a limpar e que o lixo de certeza que não era deles.

O único senão de ter o lixo no quarto era que todas as noites depois de cozinhar tinha de levar o lixo lá abaixo ao contentor.

  • São todos uns ‘frescos’ : E com isto quero dizer que fazem sexo com qualquer um, a qualquer altura, por qualquer motivo…basta uma garrafinha de vodka e o assunto está resolvido. Muitas noite passei sem dormir porque as raparigas andavam com gajos no quarto e cada noite era um diferente note-se.

Elas depois contavam, como se nada fosse, no dia seguinte que já nem se lembravam do nome dele ou onde o tinham conhecido e ás vezes nem se lembravam da cara, de tão bêbadas que estavam.Usar preservativo? Nunca. Estavam muito bêbados para se lembrarem…

No meu segundo ano estava muito bem eu a dormir no meu quarto (no rés do chão) quando de repente acordo a meio da noite com uma das minhas housemates a fazer sexo na sala e nas escadas. Nessa semana teve dois gajos diferentes, em dias diferentes, os dois na sala. A desculpa dela? Estava muito bêbada, não reparei que estava na sala.

E o mesmo se aplica aos rapazes, esses até diziam que tinham se arrependido porque no dia seguinte souberam que a rapariga era virgem, que era muito feia ou muito gorda e que tinham se assustado ao acordar.

  • Não ajudam em nada: E com isto quero dizer em coisas simples como se precisares de açúcar para o café ou estiveres á espera de uma carta importante. Não serão capazes de vos adoçar o café ou vos avisar que recebeste uma carta naquele dia.

Se por acaso tiveres com falta de comida em casa, por qualquer motivo, não serão capazes de vos dar um bocado do almoço deles, nem dar-vos um bocado de leite para por no chá

  • Não sabem cozinhar e vivem só de take-aways: Eu também não sabia cozinhar nada quando vim para Inglaterra, mas em poucos meses aprendi, mas eles recusam-se a aprender e gastam todo o dinheiro em take-aways de pizza, kebabs, comida indiana e chinês, e quando cozinham não cozinham nada de jeito.
  • São uns ladrões de comida: tantas vezes que roubaram-me comida do meu armário ou do frigorífico. Perguntava depois quem tinha roubado e todos diziam que não sabiam. Pelo menos admitissem, mas não, eram demasiado imaturos para isso

Pensei em ter um frigorífico pequeno só para mim mas por questões de dinheiro não pude comprar mas resolvi guardar todos os productos que não eram frescos e que se podiam estragar no meu quarto, que tinha sempre trancado.

  • São uns alcoólicos : O que me faz mais confusão é que não sabem se divertir. Saem á noite com o único propósito de se embebedarem e arranjarem alguém para ter uma one-night stand.

Começam a beber em casa, porque as bebidas nos bares são muito caras, e depois lá vão eles…sem muitas vezes saber com quem e para onde vão.

Eu recusei-me a sair desde o primeiro ano com alguns ingleses porque sei que nunca me divirto e porque também nunca estou segura.

Uma noite duas colegas minhas deixaram-me num bar porque arranjaram dois rapazes (que não conheciam de lado nenhum) com quem passar a noite. Discuti com elas avisando que era perigoso mas elas disseram para eu me meter na minha vida que elas sabiam muito bem o que estavam a fazer.Mas não. Não sabiam Estavam tão bêbadas que mal se aguentavam nas pernas e tinham passado as horas anteriores a vomitar e a perguntar-me qual era o meu nome.

O meu terceiro ano está a correr melhor. Os meus housemates são todos muito mais calmos e mais dados ás limpezas e passamos os serões a conversar ou a ver filmes e os domingos ficam reservados para cozinharmos todos juntos e ver um filme ou dois.Se precisar de alguma coisa eles estão lá sempre para me ajudar seja no que for, nem que seja para desabafar.

E vocês? Já viveram com ingleses? Que experiências  têm?

Ou se nunca viveram , se este texto vai contra as vossas expectativas em relação a eles?

6 Comments Add yours

  1. Alenice diz:

    Estou conhecendo a Inglaterra, estou de acordo que são uns alcoólicos e sujos!

    1. Angielopes's weblog diz:

      Obrigada pelo comentário🙂
      bem nao sao exactamente todos…esta foi só a minha experiencia como estudante….O meu primeiro ano foi terrivel mas nos anos seguintes até que tive mais sorte…

  2. Roberto Cruz diz:

    Desculpe me meter, afinal sou brasileiro e nunca estive na Inglaterra. Mas, sendo engenheiro, tive contato com uma firma de consultoria inglesa que realizava projetos em que eu era fiscal, junto com outro engenheiro angolano. Da minha parte, não tive problema algum, todavia o angolano reagia sempre de modo agressivo, como se quisesse pegar os ingleses pelo pecoço. Não sei o que passou na mão deles na África, porém creio que sua experiência tenha sido das piores. Quanto à sua vida na Inglaterrra, para mim foi surpreendente, sobretudo pela depravação moral das suas housemates. Acho que não ficaria numa residência dessas nem por um minuto. Você não acharia um lugar mais decente para morar? Que tal procurar um Igreja Católica e perguntar ao sacerdote se conhece famílias dispostas a recebê-la.

  3. Sara diz:

    ui que os ingleses são porcos não e novidade , estive em Inglaterra uma semana em casa de uma família e deu para entender, mas confesso assustaste me não pensei que fossem tão porcos ao ponto de não tomarem banho etc. Na verdade não sei inglês mas adorava ir para Inglaterra viver e estudar se possível mas onde ver essas alternativas ? Gostava de falar contigo pelas tuas experiências se puderes adiciona me no msn . Obrigado

  4. Cláudia diz:

    Bem eu estive em Inglaterra durante 4 semanas a fazer um curso de inglês e durante este periodo vivi numa hostfamily…Ou melhor em duas!
    Eu fui para Brighton com uma colega de faculdade e ficamos na primeira semana com uma senhora que era um pouco porca, por isso pedimos que nos indicassem uma outra familia. A segunda familia era maravilhosa muito limpinha, simpática…mas comidinha meu deus só mesmo congelados.
    Nós chegavamos a casa às 6h +/- e a Lauren dizia: Dentro de 20/30 minutos o jantar está pronto…já sabem comida congelada no forno e já está lol
    Mas no geral adorei a minha experiência em England e espero lá voltar ASAP.
    Acredito que a tua experiência esteja a ser maravilhosa, também gostaria de ter tido a oportunidade de ficar por lá mais tempo.

  5. vera diz:

    bem para mim,tudo o k dixeste nao e novidade,ja k vivo ca 7 anos,mas nao imaginava mesmo k eles fossem assim tao porcos,uma rapariga devia de se dar ao luxo de se valorixar a ela mesma nao e?mas as inglesas por aki ten respeito por tudo menos pelo corpo ou por elas proprias…nao me admira nda k nas ruas so se veja,raparigas de 15 ou 16 anos com um carrinho de bebe nao e?para eles isso ja e normal…em portugal era um deus nos acuda..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s