sete dias, uma semana, 168 horas…

imagem 1

imagem 2

Passaram-se sete dias, sete dias… e mesmo assim está a custar-me muito acreditar que Michael Jackson morreu. O rei da pop já não está entre nós. Numa morte que foi totalmente inesperada e sem sentido.

Eu soube pela minha irmã que o MJ tinha morrido, disse-lhe que não acreditava fui ver nos jornais online porque a historia dela parecia no mínimo pouco plausível. E então soube…ela tinha razão… foi de paragem cardíaca…, de repente…dias depois de ensaiar para os seus inúmeros concertos em Londres,no O2 , que se viria a concretizar a 13 de Julho.

Concertos muito esperados mas que também levou muita gente a ficar preocupada com ele, muito devido ao seu estado frágil, demasiado magro, sem muita energia. Energia essa que nos levou a apaixonar-nos por ele, desde os tempos dos Jackson 5, com aquele sorriso lindo contagiante, e aquela voz que ficou imediatamente reconhecível por todo o mundo .

Aparentemente a causa foi a quantidade insana de medicamentos que ele andava a tomar, tal como 40 comprimidos por dia de Vicodin, o relaxante muscular soma, o sedativo Xanax, o anti-depressante Zoloft, para a ansiedade Paxil ( seroxat) e outro para o coração chamado Priolosec.

O que mais me está a surpreender, é o facto de haver pessoas que não sabem separar o homem, do artista, da sua obra. Riem-se e dizem piadas sobre ele como se ele fosse um qualquer. Não percebem a importância que ele teve na musica nos últimos 30 anos. Influenciando gente na pop, R&B, soul, da dança, sendo ele o artista que mais números 1s teve, que mais álbuns vendeu, sendo ele indiscutivelmente o rei da pop e do entretenimento.

Dizem que é menos um pedófilo no mundo, falam que ela já não valia nada mesmo e que mais vale estar morto, com milhares de pessoas a morrer todos os dias porque é que eu me devo ficar triste com a morte de um artista qualquer? Criticam o facto de ele ter virado branco com a passar dos tempos.

Ora a isto eu chamo ignorância. Quanto a importância da vida artística dele nem vou falar porque basta escutar o génio dos discos deles. Quanto a acusação de pedofilia nada foi provado. Sobre a mudança de tom da pele, ele tinha uma doença rara chamada Vitiligo, que faz com que metade do corpo dele tivesse duas cores, branco e negro. Eu no lugar dele faria o mesmo provavelmente e sujeitava-me ao tratamento doloroso e demorado que é a despigmentação da pele.

Quantos artistas podem dizer que tiveram até homens a desmaiar nos concertos de tanta emoção por vê-los? Quantos deles podem dizer que ficaram para a historia da musica por alguma razão? MJ tinha todos os motivos de ficar na historia se não for pelo seu talento, pelo menos pelas suas excentricidades, como Neverland…

MJ foi e ainda é tão importante para o mundo todo que até a Times magazine publicou uma edição especial dedicada ao MJ, sendo isto extremamente raro por si mesmo, já que a unica vez que a Times fez isto foi na altura dos atentados terroristas de 9/11 em Nova York.

Pouco me importa as controvérsias, eu só sei que ele acompanhou-me durante toda a minha infância e adolescencia com as suas musicas contagiantes.

Eu não consigo numerar as minhas musicas preferidas. São muitas e seria uma injustiça dizer umas e deixar de fora outras. Ou não?

Descansa em paz Michael

imagem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s